Agora e a vez da bachata

bachata_fullParece que o arrocha está com os dias contados no universo sertanejo, o ritmo que fez a alegria de muita gente está perdendo força a cada dia que passa. O estilo ainda e predominante, porém alguns artistas já pensam o que fazer depois do período “pós-arrocha”.

A música sertaneja que acaba se tornando uma espécie de mutante (pois se altera de acordo com a tendência de cada época), já começa uma nova busca de ritmos nos quais se possa extrair algo lucrativo para as duplas.

Lançamentos recentes indicam que o próximo seguimento musical a influenciar a música sertaneja pode ser a bachata. Vinda da República Dominicana, o ritmo e encarado como um estilo mais saudável que o arrocha por estar relacionados a temas mais românticos.

A dupla Israel e Rodolffo, por exemplo, está atualmente trabalhando esse seguimento, a música “quem vai chorar não sou eu” é uma bachata que utiliza algumas adaptações ao sertanejo. Veja o clipe abaixo:

Outra dupla que gravou recentemente uma bachata e manteve quase todos os elementos do ritmo foi Fred e Gustavo, na musica “Jejum de Amor”.

A bachata e um ritmo sensual, e assim como o arrocha, pode vir a ser um grande problema, se os cantores sertanejos buscarem ao invés da bachata romântica uma bachata mais “sexual”. Neste caso, o ritmo pode acabar se tornando assim, como o arrocha, mais uma vitima de preconceitos de alguns grupos da sociedade.

Wesley Lucas

Anúncios

Petição Curiosa

Imagem   O site Acaaz (criado nos EUA por ativistas e possuidor de 1,6 milhões de assinantes) disponibilizou nessa ultima quarta-feira (17) em seu site, uma petição para a mudança do Hino Nacional Brasileiro (isso mesmo…), para uma música da banda Metallica  ,…And Justice For All (um sucesso  da banda). Segundo o feitor da petição, identificado por “Edgar C.”, ele acha que o Hino do Brasil possui um vocábulo arcaico e rebuscado, e ainda,  que isso faz com que os brasileiros cantem o hino apenas por cantar.

Na quarta-feira, a petição tinha 267 pessoas participantes, mas o objetivo da mesma é chegar a 100 mil assinantes. Metallica é uma banda influente na atualidade, e essa música escolhida para a petição é faixa do 4º álbum da banda e possui uma letra que fala sobre justiça.

Se você não conhece a música, é só clicar aqui!

 Érika Ribeiro

Super Junior, Super emocionante.

Imagem

   No domingo (21) os fãs que tiveram a sorte de adquirir um ingresso para a turnê SUPERSHOW5 do Super Junior (grupo com variável número de integrantes, mas na apresentação tinham 8), uma entre as idol groups de k-pop mais famosas do mundo, puderam presenciar um espetáculo com efeitos como modernos telões, jatos de fumaça, chuva de papel picado e bolhas de sabão e as trocas de figurinos dos integrantes, que vai de ternos escuros e claros, regatas e camisetas comuns a trajes brilhantes e até fantasias de super-heróis como Wolverine, Thor, Capitão América, Hulk e Homem Aranha, lotou facilmente o Credicard Hall em São Paulo.

   Não era de surpreender que a apresentação fosse um sucesso, já que a boy band era muito esperada pelos fãs e o entretenimento em seus espetáculos é garantido com vídeos cinematográficos,  mostrando os membros como um grupo de agentes armados enquanto havia a troca de figurino. Com a ajuda de uma intérprete, o grupo conversou em vários momentos da apresentação com os fãs, os coreanos arriscavam falar frases inteiras em português.

   A apresentação que foi das 19:30 às 22:30 teve  fãs completamente histéricos segurando cartazes em coreano, chorando e passando mal.  A surpresa ficou para o final quando o Super Junior cantou “Ai, se eu te pego”, sucesso de Michel Teló, executando fielmente a coreografia do hit brasileiro.  Os fãs aprovaram e cantaram do início ao fim com os ídolos, ninguém iria se importar se o show durasse mais um par de horas.

Imagem

Melissa Pôrto

Gean e Roger de cara nova

555797_445847808835486_1675706433_n

O sertanejo juiz forano Roger, apresentou em suas redes sociais na ultima quinta-feira (18) o seu novo parceiro. A nova formação da dupla Gean e Roger foi recebida de forma positiva por fãs da antiga dupla sertaneja.

A antiga formação de Gean e Roger ficou conhecida após a gravação do segundo álbum intitulado de “Oito segundos na arena”, a canção composta por Lú Di Mello “Pra solidão dei tchau” trouxe grandes apresentações na cidade e também em casas de shows reconhecidas nacionalmente.

Roger vinha seguindo carreira solo a aproximadamente três anos e se apresentava juntamente com sua banda em Juiz de Fora e cidades vizinhas. Sobre a nova formação o cantor disse que o novo Gean dará continuidade á marca Gean e Roger e explicou que esse projeto já existia há cerca de 24 anos, porém, agora torna-se uma realidade.

Mais sobre a antiga formação da dupla você encontra no Constelação Sertaneja.

Wesley Lucas

Pai de Amy Winehouse reprova Beyoncé

Imagem

Um trecho da versão feita de “Back to Black” para a trilha sonora de “O Grande Gatsby” nas vozes de Beyoncé e André 3000 vazou nesta segunda feira (22). O áudio se mostra muito diferente de sua versão original e vem gerando polêmica.

Em entrevista ao jornal Daily Mail, Mitch Winehouse, pai de Amy, morta em 2011, deixou claro que a versão não o agradou e que Beyoncé em nada acrescentou à mesma. Ainda segundo ele, não houve permissão para que regravassem a música, porém, após um valor desconhecido ter sido pago o direito foi concedido.

Clique aqui e ouça o trecho.

Weyder Ferreira

Paul no Brasil

Imagem

Após Paul McCartney  anunciar seus três shows no Brasil, (04/05: Belo Horizonte – Estádio Mineirão , 06/05: Goiânia – Estádio Serra Dourada,09/05: Fortaleza – Estádio Castelão) além de causar uma tremenda histeria nos fãs locais seu produtor,  Mark Ronson, divulgou que seu novo álbum se inspirou no funk “Pós Bonde do Rolé” e também na música de Usher (cantor de R&B). Segundo Paul, ele gosta da mistura que esses sons produzem. Enquanto isso, nós, meros mortais beatlemaníacos aguardamos por essa nova onda de McCartney.

No Brasil, ele virá atraves da “Up and coming tour ” onde ele apresenta, em quase 3 horas de show, músicas que passam de Wings a Beatles (incluindo, claro, sua carreira solo). Ele vem de um histórico belo, com uma marca no Guiness dos Records como apresentação de maior público pagante de um único artista. Isso mostra o quanto ele é aguardado no país, e sendo um ex-Beatle,  não poderia ser diferente.

Érika Ribeiro

Cambistas x Polícia

Imagem

A venda da terceira parte dos ingressos do Rock in Rio assim que disponibilizados a qualquer um para a compra pela internet, trouxe além de uma desorganização geral no ato da aquisição, falta de respeito ao público. O Rock in Rio, sendo um dos maiores eventos de música no Brasil, traz bandas nacionais e internacionais, atrai pessoas de todo o país e ainda vai além.

Após esgotar os ingressos, surgiram cambistas vendendo os mesmos com preços exorbitantes. Em alguns casos,  pessoas conseguiram comprar 36 ingressos enquanto outros mal conseguiram comprar 1 . Estes, pretendem vendê-los  por até mil reais a mais do que o preço original. A ação é criminosa e pode acarretar de seis meses a dois anos de prisão.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está investigando o caso e pretende promover ações contra estes criminosos com a ajuda de agentes infiltrados. Estará atenta também aos ingressos falsificados e  de olho na internet, onde há maior concentração de revendas.