Lavagem Cerebral. OH CÉUS!

Imagem

Não é de hoje que os fãs da ex Hannah Montana, Miley Cyrus, estão podendo reparar nas mudanças radicais de visual e estilo da cantora. Agora a revolução partiu para a música! Capa da revista “Billboard” americana deste mês, Miley diz ser uma nova cantora, apresentando um tipo musical totalmente diferente do que fazia lá nos primórdios de sua carreira na adolescência.

“Fico muito irritada quando as pessoas ouvem minhas músicas antigas. Queria poder apagar tudo e começar do zero”, disse Miley em entrevista à revista “Billboard”. Até mesmo seu disco mais recente, lançado em 2009 é citado: “Sinto-me tão desconectada dele. Eu tinha 16 ou 17 anos quando o gravei. Quando você está nos seus 20 anos, você realmente não reconhece mais aquela pessoa”, explicou Cyrus, que lançou recentemente o single “We Can’t Stop”, que estreou já na posição #1 de downloads na iTunes de diversos países.

A cantora que se desligou recentemente da Hollywood Records (pertencente à Disney) assinou contrato com a RCA e agora passa a ser agenciada por Larry Rudolph, o mesmo que cuida da carreira de Britney Spears. “Quero começar como uma artista nova. Considero meu próximo álbum como o primeiro, de verdade”, completou.

Weyder Ferreira